Converse e o Dia Mundial do Rock

Publicidade:



VocA? conhece o evento conhecido como Converse Traffic Jam?

Na A?ltima sexta-feira, dia 13 de julho foi comemorado o dia mundial do Rock, e para a Converse, desde 2007 essa data nA?o tem passado em branco. Isso porque hA? seis anos ela tem proposto inesperadas formas de comemorar o rock em diversas cidades brasileiras.

Em 2007 a cidade escolhida foi Porto Alegre e reuniu bandas e grafiteiros em cinco paradas de A?nibus. No ano seguinte a animaA�A?o ficou por conta de LobA?o na Rua Augusta, em SA?o Paulo, o show lotou a rua, mas nA?o durou muito, pois a polA�cia chegou e acabou com a festa.

Em 2009 a banda gaA?cha Cachorro Grande fez uma apresentaA�A?o surpresa no Rio de Janeiro, embaixo dos Arcos da Lapa. Em 2010 mais de mil pessoas participaram do show da banda Macaco Bong em Belo Horizonte. E no ano passado BrasA�lia serviu de palco para a maior Junkebox do Brasil com uma banda dentro, que tocou durante 8 horas ao vivo.

Neste ano o evento conhecido como Converse Traffic Jam aconteceu na capital paulista e teve como palco um estA?dio itinerante montado em acrA�lico transparente na traseira de um caminhA?o que saiu por volta das 7:30 do Parque Ibirapuera e passou por algumas das principais vias da cidade.

O show ficou por conta de LobA?o, Nasi, Beto Bruno e AndrA� Frateschi e fez com que motoristas, pedestres e ciclistas esquecessem um pouco do stress do trA?nsito e pudessem curtir um momento que ficarA? para sempre em suas memA?rias.

E para a Converse, um dia para celebrar o rock A� pouco, por isso a marca dedicarA? um mA?s inteiro A� comemoraA�A?o. Na internet, alA�m de promoA�A�es e conteA?dos especiais a marca vai reeditar o Converse Headbangers, um site de compartilhamento de mA?sicas e de fotos. Para conferir todas as surpresas preparadas pela Converse A� sA? clicar aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Publicidade:


Compartilhe este artigo com suas amigas:

   

Curta nossa página no Facebook


Comentários através do Facebook

Sem Comentários.

Deixe um Comentário