“Slavewear” segundo usuários do facebook.

Publicidade:



O modelo de tênis “Mids Roundhouse” JS gera polêmica

Infelizmente nem só de puro glamour vivem estilistas famosos e suas marcas, tomem como referência John Galliano, que em um discurso anti-semita perdeu tudo, toda a sua glória e popularidade, tudo por causa de apenas uma frase, então estilistas e designers devem cuidar muito com o que lançam, e a Adidas em parceria com Jeremy Scott passaram por uma saia justa nesse último mês.

A marca que iria lançar uma coleção de tênis inspirada no queridinho dos anos 80 “My Pet Monster” em agosto teve que cancelar a produção inteira do produto, isso por que após pré-lançar o tênis via facebook houve mais de 7000 compartilhamentos e 4.000 comentários julgando a peça uma alusão à escravidão dos negros no século XIX nos EUA.

Segundo os internautas a peça é “ofensiva” e “ignorante“, o que gerou polêmica suficiente para a Adidas cancelar a produção da mesma. Sinceramente acho “ignorante” o pensamento prematuro dessas pessoas que apenas querer criar intriga, se pararem e observarem bem, mesmo que o estilista tivesse se inspirado nos escravos criando peças num estilo “slavewear” e eu fosse descendente desses escravos do século XIX, ficaria extremamente feliz, pois saberia que algum estilista pensou e estudou toda uma cultura abusiva existente num período ditatorial afim de criar uma obra de arte, mas infelizmente como disse, existem pessoas que não entendem esse tipo de coisa e preferem julgar baseados em paradigmas e preconceitos próprios.

 

Por conta de toda essa confusão não poderemos comprar o tênis entitulado de “Mids Roundhouse JS” e todo um trabalho de pesquisa é jogado por água abaixo, tudo por conta de alguns ignorantes… A assessoria de marketing da Adidas se pronunciou dizendo: O tênis não é nada mais do que uma visão única e inusitada do designer Jeremy Scott sobre moda e não tem nada a ver com a escravidão. Jeremy é conhecido como um designer cujo estilo é peculiar e alegre… Qualquer sugestão de que isso está ligado ao trabalho escravo é mentiroso.” Jeremy Scott não assumiu a inspiração real do produto visto que há direitos legais que a Adidas possui, portanto ela responderá por Jeremy, em defesa, claro!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Publicidade:


Compartilhe este artigo com suas amigas:

   

Curta nossa página no Facebook


Comentários através do Facebook

Sem Comentários.

Deixe um Comentário